Slide thumbnail

Faro Editorial: a incansável busca de oportunidades e talentos

No universo das Ciências Humanas, em especial, na edição de livros, um tema, uma escola, época e estilo não perduram por muito tempo. Nesse ambiente em constante transformação é preciso ter “faro” para escolher e lançar o melhor. Esta poderia ser uma boa explicação para o nome da editora. Mas não é o motivo. Na verdade, Faro é o sobrenome dos avós italianos do Pedro Almeida, editor já com longa e consagrada carreira no segmento de livros, tanto dentro de grandes e pequenos grupos. Pedro planejou a editora por cinco anos antes de concretizar o plano, Então convidou Diego Drumond para lançar a editora.

Os sócios e colaboradores somam expertises diferenciadas e complementares para oferecer novidades ao seu público-alvo adulto e jovem e também atrair novos leitores.

A movimentação na área editorial, acreditam, segue na maior parte das vezes caminhos geralmente conhecidos, privilegiando gêneros e autores consagrados em detrimento de ousadias literárias, por isso há muitos grupos potenciais de leitores não atendidos pela oferta de lançamentos, “pelos eventos literários, pelas premiações, pelos investimentos de toda a sorte que se oferece para o universo do livro no Brasil”, define Almeida.

A Faro Editorial, nasce também para atender a essa demanda latente, levando ao mercado desde títulos clássicos as obras de autores best-sellers, alguns já conhecidos nacional e mundialmente e outros promissores, em busca do reconhecimento e público.

Formar público leitor e descobrir talentos literários não é novidade na trajetória profissional dos sócios: Pedro de Almeida destacou-se nessa matéria e Diego Drumond dedicado a dar fôlego a novos negócios, já se notabilizou por criar e inovar em formas de dar acesso a mais leitores aos livros, fazendo-o chegar a lugares onde o mercado tradicional não alcançava.

Quem Somos:

Pedro Almeida

Jornalista e Professor de Literatura, com curso de extensão em Marketing pela Universidade de Berkeley. Experiência profissional de 23 anos atuando na gestão de editoras de pequeno e médio porte e de Publisher em editoras de grande porte, nas áreas de ficção, não-ficção e auto-ajuda, tendo realizado diversos projetos nacionais e internacionais.

Atuou como editor para as seguintes editoras: Madras; Landmark; W11 editores; Editora Francis, Ediouro, Novo Conceito, Leya, Lafonte e Saraiva. E como editor associado para Arx; Caramelo e Planeta. É professor de MBA Publishing desde 2014. Escreve regularmente para o Publishnews, coluna: Leia antes de ver, sobre o mercado editorial e desde 2016 é membro do Conselho Curador do Prêmio Jabuti.

Diego Drumond

Formado em Ciências Econômicas e pós-graduado em Marketing e Vendas, atua na área editorial há 19 anos, acumulando experiências ao dirigir negócios nos mais diversos segmentos do mercado, desde os comercialmente focados em programas governamentais aos que se dedicam a livrarias, bancas, supermercados, assinaturas, feiras, pontos de conveniência, catálogos e porta a porta.

Formou e coordenou equipes editoriais, comerciais, logísticas, de produção gráfica, financeiras, de marketing e administrativas em empresas de médio e grande porte. Abriu negócios e iniciou licenciamentos nacionais e internacionais de livros, revistas, cursos, filmes e marcas. Representou e projetou empresas e selos no mercado, desenvolvendo e aplicando suas estratégias institucionais, em clientes, associações de classe, órgãos governamentais e regulatórios.

Foi diretor da Abrelivros (Associação Brasileira de Editores de Livros Escolares), atualmente é diretor da CBL (Câmara Brasileira do Livro) e presidente da ABDL (Associação Brasileira de Difusão do Livro).