1+1 – A Matemática do Amor

LUCAS E BERNARDO SÃO DOIS GAROTOS, OS MELHORES              AMIGOS UM DO OUTRO DESDE  MUITO PEQUENOS…

De repente, Bernardo recebe a notícia de que irá se mudar com a família para outro país. Foi o
estopim para que os amigos percebessem o quanto era valiosa aquela amizade, algo que não
queriam perder…

Bernardo reage mal e se revolta.

Lucas tenta transformar cada dia que resta com o amigo na melhor experiência de suas vidas.
Ele escreve uma lista de coisas para fazer e pretende cumprir uma por uma, em todos os
detalhes.

Mas, a cada dia, o fantasma da separação os assombra com um cronômetro, lembrando que o
tempo se esgota e, nesses dias, os dois passam por grandes momentos juntos.

É quando os meninos percebem que há algo maior entre eles… um sentimento profundo, que
não conseguem explicar e tornam todas aquelas experiências ainda mais intensas.
Mas o que fazer com tudo isso quando se tem apenas 16 anos?

Citação:
“Não lembro muito bem como eu e o Bernardo nos conhecemos. Até onde sei, ele sempre
esteve ali, do meu lado. Na escola, sempre estudávamos na mesma sala. Ele me ajudava em
matemática, e eu lhe dava uma mão em português. E assim nos completávamos, ajudando um
ao outro, apoiando-nos mutuamente.” Lucas