Faro Editorial: a incansável busca de oportunidades e talentos

No universo das Ciências Humanas, em especial, na edição de livros, um tema, uma escola, época e estilo não perduram por muito tempo. Nesse ambiente em constante transformação é preciso ter “faro” para escolher e lançar o melhor. Esta poderia ser uma boa explicação para o nome da editora. Mas não é o motivo. Na verdade, Faro é o sobrenome dos avós italianos do Pedro Almeida, editor já com longa e consagrada carreira no segmento de livros, tanto dentro de grandes e pequenos grupos. Pedro agora se associa a Karine Pansa e Diego Drumond para lançar uma nova editora.

Os três sócios e colaboradores somam expertises diferenciadas e complementares para oferecer novidades ao seu público-alvo – adulto e jovem — e também atrair novos leitores.

A movimentação na área editorial, acreditam, segue na maior parte das vezes caminhos geralmente conhecidos, privilegiando gêneros e autores consagrados em detrimento de ousadias literárias, por isso há muitos grupos potenciais de leitores não atendidos pela oferta de lançamentos, “pelos eventos literários, pelas premiações, pelos investimentos de toda a sorte que se oferece para o universo do livro no Brasil”, define Almeida.

A Faro Editorial, nasce também com um selo específico, a Edição Limitada, para atender a essa demanda latente, levando ao mercado desde títulos clássicos — produzidos com requinte artesanal e tiragens limitadas de colecionador — enquanto se encarrega das obras de autores best-sellers e clássicos, alguns já conhecidos nacional e mundialmente e outros ainda em busca do reconhecimento e público.

Formar público leitor e descobrir talentos literários não é novidade na trajetória profissional dos sócios: Pedro de Almeida destacou-se nessa matéria, enquanto Karine Pansa dedica-se a dar fôlego a novos negócios e Diego Drumond já se notabilizou por criar e inovar em formas de dar acesso a mais leitores aos livros, fazendo-o chegar a lugares onde o mercado tradicional não alcançava.

Quem Somos:

Pedro Almeida

Jornalista e Professor de Literatura, com curso de extensão em Marketing pela Universidade de Berkeley. Experiência profissional de 23 anos atuando na gestão de editoras de pequeno e médio porte e de Publisher em editoras de grande porte, nas áreas de ficção, não-ficção e auto-ajuda, tendo realizado diversos projetos nacionais e internacionais.

Atuou como editor para as seguintes editoras: Madras; Landmark; W11 editores; Editora Francis, Ediouro, Novo Conceito, Leya, Lafonte e Saraiva. E como editor associado para Arx; Caramelo e Planeta. Escreve regularmente para o Publishnews, coluna: Leia antes de ver, sobre o mercado editorial.

Karine Pansa

Administradora de Empresas formada pela Fundação Armando Álvares Penteado-FAAP, São Paulo, é sócia-diretora da Girassol Brasil Edições e atua há 22 anos no mercado editorial.

Tornou-se a segunda mulher presidente da Câmara Brasileira do Livro em fevereiro de 2011, depois de exercer na CBL o cargo de diretora estatutária e ter sido responsável por projetos como o Minha Biblioteca, que anualmente beneficia 500 mil alunos da rede pública da cidade de São Paulo.

Em outubro de 2012, foi eleita integrante do Comitê Executivo da IPA (International Publishers Association), com mandato de 3 anos. De 2011 a 2013 foi presidente do Instituto Pró-Livro (IPL), cuja missão é desenvolver ações voltadas a transformar o Brasil em um país leitor. Em fevereiro de 2013, foi reeleita presidente da CBL por mais um mandato de 2 anos.

Diego Drumond

Formado em Ciências Econômicas e pós-graduado em Marketing e Vendas, atua na área editorial há 19 anos, acumulando experiências ao dirigir negócios nos mais diversos segmentos do mercado, desde os comercialmente focados em programas governamentais aos que se dedicam a livrarias, bancas, supermercados, assinaturas, feiras, pontos de conveniência, catálogos e porta a porta.

Formou e coordenou equipes editoriais, comerciais, logísticas, de produção gráfica, financeiras, de marketing e administrativas em empresas de médio e grande porte. Abriu negócios e iniciou licenciamentos nacionais e internacionais de livros, revistas, cursos, filmes e marcas. Representou e projetou empresas e selos no mercado, desenvolvendo e aplicando suas estratégias institucionais, em clientes, associações de classe, órgãos governamentais e regulatórios.

Foi diretor da Abrelivros (Associação Brasileira de Editores de Livros Escolares), atualmente é diretor da CBL (Câmara Brasileira do Livro) e presidente da ABDL (Associação Brasileira de Difusão do Livro).